Share

Carlos Candal Recebe Prêmio de Reconhecimento Especial da Comissão de Assuntos Latinos e Porto-Riquenhos

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

Traduzido Por Frederico Alberti

A Comissão de Assuntos Latinos e Porto-Riquenhos de Connecticut (LPRAC) homenageou o advogado Carlos Candal com o Prêmio de Reconhecimento Especial por sua atuação como principal advogado a favor do programa Drive Only de Connecticut, uma iniciativa que permitirá a imigrantes indocumentados que vivem em Connecticut obterem a carteira de motorista.

A nova política, que tem sido descrita pelos legisladores como uma das iniciativas de segurança pública mais significativas já adotadas no estado, foi defendida por inúmeros indivíduos e organizações, mas ninguém foi tão instrumental quanto  Candal, ex-membro da Comissão e advogado de língua espanhola com prática nas áreas de imigração e acidentes pessoais, com escritórios em New Haven.

O programa Drive Only, que começa a vigorar no dia 2 de janeiro de 2015 sob coordenação do Departamento de Veículos Automotores (DMV) do Estado, beneficia milhares de motoristas que não conseguem provar sua presença legal nos EUA ou não têm número de Social Security.

O Prêmio de Reconhecimento Especial contou com a entrega de uma placa comemorativa na reunião da LPRAC em Hartford, no dia 17 de dezembro, e marcou a primeira homenagem a um membro da Comissão, o que reflete a importância da contribuição de Candal à nova lei.

“Como resultado dessa lei, o Estado vai arrecadar milhões de dólares em receitas anuais, nossas estradas serão mais seguras e nosso sistema judicial não será obstruído por milhares de pequenas infrações de veículos, permitindo que os recursos do governo possam ser utilizados de outras formas que irão beneficiar todos os residentes de Connecticut”, disse o Diretor Executivo da LPRAC, Werner Oyanadel.

“É com profunda gratidão que recebo o reconhecimento da LPRAC pelos meus esforços como presidente do Comitê de Prioridades e Legislação para ajudar a aprovar a lei que, a partir de janeiro de 2015, permitirá que os imigrantes indocumentados obtenham sua carteira de motorista”, disse Carlos Candal ao receber o prêmio. “Eu tenho orgulho de dizer que, através de nossos esforços na LPRAC, juntamente com a paixão dos líderes religiosos pela causa, como o Padre James Manship, da igreja Santa Rosa de Lima, agências como a Connect, e legisladores corajosos como o deputado estadual Juan Candelaria, tivemos um papel fundamental nesse movimento”.

Como a lei está pronta para entrar em vigor, os funcionários do DMV esperam que milhares de imigrantes deem início ao processo para a obtenção da carteira. O Ato Público No. 13-89 determina que o DMV emita as carteiras de motoristas Drive Only aos indivíduos que não possam fornecer comprovantes de residência legal nos EUA ou número de Social Security (SSN). A licença só permite que o titular dirija; ela não pode ser usada para efeitos de identificação (por exemplo, federais, como no embarque de aviões) ou como prova de identidade nas eleições.

O ato especifica os tipos de comprovantes de identidade e residência necessários para obter esta licença e as restrições ao seu uso. Proíbe o Departamento de Veículos Automotores de emitir essa licença para uma pessoa condenada por crime em Connecticut. A carteira Drive Only não é válida para fins de identificação estadual ou federal, e não pode ser usada para votar.

Candal atuou como membro da Comissão de Assuntos Latinos e Porto-Riquenhos (LPRAC)  da Assembleia Geral de Connecticut entre 2009 e 2012 e foi presidente do comitê de Prioridades e Legislação. Ele estudou Direito na Universidade de Quinnipiac e recebeu seu Juris Doctor em 1994.

A Comissão de Assuntos Latinos e Porto-Riquenhos (LPRAC) é uma agência de política apartidária dentro do legislativo estadual criada em 1994 por um ato da Câmara dos Deputados de Connecticut. Ela é composta por 21 líderes comunitários que aconselham a Assembleia Geral de Connecticut e o governador em políticas que promovam o progresso na comunidade latina em Connecticut.

Leave a Comment