Share

Estudo Mostra que Maior Acesso aos Serviços Odontológicos Reduz Desigualdades na Saúde e Aumenta o Uso de Selante Entre as Crianças Asseguradas pelo HUSKY

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

 HARTFORD – 24 de fev., 2016 – Um estudo de vários anos com crianças de 6 e 7 anos de idade, asseguradas pelo HUSKY, revelou que a expansão do acesso aos serviços odontológicos para crianças de baixa renda tem sido bem sucedida ao fornecer mais oportunidades para prevenir a cárie dentária por meio de selantes dentários – revestimentos plásticos dentários protetores aplicados na superfície dos primeiros molares permanentes.

unspecified-1

A análise de dados da Medicaid de 2006-2012 demonstrou mudanças nas políticas públicas destinadas a proporcionar às crianças, asseguradas pelo HUSKY, uma rede expandida de fornecedores não só melhorando o acesso aos serviços, mas também os resultados da saúde bucal, reduzindo as desigualdades dentárias.

O estudo realizado por Joanna Douglas, BDS, DDS, consultora e professora associada na Faculdade UConn de Medicina Dentária, e comissionada pela Connecticut Heath Foundation, mostrou que:

    • 74 por cento das crianças de 7 anos continuamente matriculadas no HUSKY fizeram exame odontológico em 2012, em comparação com 51 por cento em 2006.
    • Em 2012, 41 por cento dos alunos da terceira série, assegurados pelo HUSKY, receberam um selante dentário, uma melhoria significativa desde 2006 e uma taxa próxima à 43 por cento na população em geral.

 

  • Crianças hispânicas e negras que vivem em áreas urbanas apresentam maior risco de cáries e experimentaram as maiores taxas de aplicação do selante. 

 

  • O fornecimento de altas taxas de reembolso, divulgação e o aperfeiçoamento dos procedimentos de inscrição aumentaram a participação de dentistas particulares e a melhoria na saúde bucal das crianças asseguradas pelo HUSKY.

“Este estudo demonstra como os esforços combinados para garantir que todas as crianças em Connecticut tenham acesso aos serviços odontológicos que necessitam podem fazer uma diferença significativa e reduzir as desigualdades”, disse o Dr. Douglas. “Selantes dentários podem reduzir a cárie dentária, a doença crônica mais comum na infância, e deve continuar a ser uma prioridade, especialmente entre as crianças negras e hispânicas”.

Os resultados estão incluídos no relatório da Connecticut Health Foundation: Maior acesso aos serviços odontológicos reduz as desigualdades e impulsiona o uso de selantes entre as crianças asseguradas pelo HUSKY e disponível para download no site www.CTHealth.org.

“Embora muitas vezes seja difícil mostrar uma ligação entre maior acesso e melhores resultados da saúde, a boa notícia é que, através deste estudo, podemos conectar mudanças políticas a melhoria do acesso a dentes saudáveis”, disse Patricia Baker, presidente e CEO da CT Health. “No entanto, sem a criação de um ambiente onde a robusta participação de dentistas particulares permanece no programa HUSKY, as significativas melhorias na saúde bucal das crianças de baixa renda realizadas ao longo dos últimos 8 anos sofrerá”, acrescentou Baker. Alguns pesquisadores preveem que os honorários odontológicos do setor privado subirá até 50 por cento até 2017.

Sobre a Connecticut Health Foundation

A Connecticut Health Foundation (CT Health) é a maior organização filantrópica de saúde independente do estado dedicada a melhorar a vida mudando os sistemas de saúde. Desde que foi criada em julho de 1999, a fundação apoiou a tomada de concessão inovadora, a investigação política da saúde pública, assistência técnica e organização para cumprir sua missão – melhorar a saúde das pessoas de Connecticut. Nos últimos 15 anos, a CT Health concedeu subsídios, totalizando cerca de $58 milhões em 45 cidades e municípios em todo o estado.

Em 2013, a CT Health anunciou um plano estratégico de cinco anos que fez expandir a equidade na saúde, foco central da fundação. Para a CT Health, a equidade na saúde significa ajudar mais pessoas a terem acesso a melhores cuidados, especialmente pessoas de cor e populações carentes. Melhor atendimento inclui saúde física, mental e oral.

Para mais informações sobre a fundação, visite www.cthealth.org ou contate a vice-presidente de política e comunicações Elizabeth Krause em Elizabeth@cthealth.org ou 860.724.1580, ramal 14.

Leave a Comment