Share

Malloy Assina e Promove o Novo Refinamento do Orçamento

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

Por: Mark Pazniokas e Keith M. Phaneuf / CTMirror.org

Traduzido por Frederico Alberti

 

O caminho pedregoso para um plano fiscal para os próximos dois anos terminou em 30 de junho, com o governador Dannel P. Malloy assinando o orçamento aprovado em 3 de junho nos minutos finais da sessão de 2015 – e as reversões fiscais foram aprovadas mais cedo, naquele mesmo dia, em uma sessão especial para sufocar protestos de interesses comerciais.

“Massachusetts não tem um orçamento. Maine não tem um orçamento. Illinois não tem um orçamento. New Hampshire não tem um orçamento “, disse Malloy depois de assinar os documentos em uma cerimônia com a presença de líderes da legislatura e Lt. Gov. Nancy Wyman. “Temos um orçamento.”

O orçamento inclui aumentos de impostos que violam o compromisso do governador democrata feito durante a campanha de reeleição no outono passado, e sua passagem expõe legisladores democratas em distritos com ataques enquanto eles buscam a reeleição em 2016, uma campanha que o GOP já está travando.

Malloy não respondeu diretamente a uma pergunta sobre como ele pode reconciliar o orçamento que ele assinou com sua promessa de campanha. Em vez disso, ele disse que o GOP não ofereceu nenhuma alternativa prática.

O governador e os líderes legislativos democratas, o presidente da Câmara, J. Brendan Sharkey de Hamden e o presidente do Senado, Martin Looney M. de New Haven, retrataram o orçamento como um esforço responsável para manter os serviços essenciais, ao fazer um compromisso de investimentos de transporte e reforma da propriedade de impostos.

Os republicanos, segundo eles, não desempenharam nenhum papel construtivo.

“Há uma festa lá fora, que continua dizendo a todo mundo que você pode ter tudo que você precisa – você pode ter transporte e educação e tudo mais, você não tem que pagar por isso”, disse Malloy. “Isso é difícil. Isso é difícil de competir. ”

O líder da minoria no Senado, Len Fasano, R-North Haven, que trabalhou com o governo para ganhar apoio bipartidário para uma grande projeto de reforma de justiça criminal, desafiou o governador a tratar diretamente sua falha em cumprir uma promessa de campanha para evitar aumentos de impostos.

“Por que ele não apenas admite que ele quebrou sua promessa ao povo?”, disse Fasano. “Espero que daqui a um ano, quando Connecticut irá, sem dúvida, estar diante de outro déficit, o governador vai ter a coragem de confessar o fato de que este orçamento não fez nada para mudar a estrutura de como nossos impostos estaduais e de como é gasto”.

As revisões finais que passaram no legislativo reverteram US$178 milhões do valor de US$ 1,5 bilhão em aumentos de impostos embutidos no orçamento inicial de dois anos. O plano final de gastos para o biênio, a partir de 1º de julho, é de US$ 40,25.

O Escritório não-partidário de Análise Fiscal projeta déficits significativos em dois anos, deixando os advogados de defesa do transporte preocupados com uma das realizações de Malloy – dedicar meio ponto dos 6,35% de vendas para o fundo de transporte especial – entrará em colapso com a necessidade de gerar mais na administração pública.

FOR MORE CLICK HERE:

Leave a Comment