Share

Parceiros do Programa Estadual de Envenenamento Infantil por Chumbo juntamente com a Comissão de Assuntos Latinos e Porto Riquenhos lançam a Campanha de Conscientização da Prevenção contra o Envenenamento por Chumbo

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

Hartford (4/25/16) – O Programa Lead and Healthy Homes do Departamento de Saúde Pública (DPH), em parceria com a Comissão de Assuntos Latinos e Porto Riquenhos (LPRAC) produziu uma campanha educacional de conscientização da prevenção do envenenamento por chumbo visando a população latina de Connecticut. O número de envenenamento infantil por chumbo entre as crianças latinas é quase o dobro nas crianças brancas, motivando a necessidade de educação direcionada e divulgação para essa população. O envenenamento por chumbo é um dos problemas de saúde pública mais evitáveis, muitas vezes passando despercebido porque não existem sintomas óbvios.

“Com a recente atenção nacional sobre a questão do envenenamento por chumbo na infância causada pela terrível situação em Flint, MI, esta campanha vem em um momento oportuno. É fundamental que os pais compreendam que em Connecticut a grande maioria dos envenenamentos por chumbo na infância não é causada pela água potável, mas pela tinta com chumbo nas casas, especialmente as mais antigas e apartamentos”, disse o comissário do DPH, Dr. Raul Pino.

“Este perigo é especialmente prevalente em nossos grandes centros urbanos, razão pela qual é fundamental educar nossa população latina, um grande segmento que vive em nossas cidades, sobre a importância dos exames de chumbo nas crianças”.  

Os esforços da mídia incluem dois comerciais de televisão, exibidos na Telemundo e Univision de 25 de abril a 27 de junho e um anúncio de rádio na WYRM Gigante 840 AM, WPRX La Puertorriquenisima 1120 AM, WCUM Radio Cumbre 1450 AM, WLAT Radio MEGA 910 AM, e WMRQ Radio Bomba 97,1 FM. Anúncios impressos também serão exibidos em três jornais, incluindo La Voz, Identidad Latina e Tribuna. Além disso, anúncios digitais aparecem no Facebook, YouTube e Google.  

“LPRAC está feliz em lançar uma campanha de conscientização de educação pública abrangente sobre a prevenção do envenenamento por chumbo na população latina de Connecticut. O envenenamento por chumbo é 100% evitável e é inconcebível que no século 21 ainda tenhamos áreas onde as crianças latinas continuam a viver com níveis elevados de chumbo no sangue em regiões como Bridgeport, New Haven e Waterbury”, disse Werner Oyanadel, Diretor Executivo da LPRAC. “Nossa ênfase com este projeto é criar consciência sobre a importância dos testes em crianças com seis anos de idade ou menos, caso não tenham sido testadas anteriormente, e destacar os recursos atuais para reduzir a exposição ao chumbo. Especificamente, nosso objetivo é educar as famílias latinas com passos específicos que podem ser tomados para reduzirem a exposição ao chumbo da maneira mais eficiente”.  

“LPRAC está muito grata pelo apoio financeiro e técnico fornecido pelo Departamento de Saúde Pública do Estado. Eu também recomendo a equipe da LPRAC e nossos colegas do Latino Way pela produção de uma campanha informativa e profissional que tenho certeza nos ajudará a aumentar a conscientização sobre essas questões críticas que afetam nossas famílias latinas em Connecticut”, disse o presidente da LPRAC, Richard A. Cruz.  

De acordo com o DPH, em Connecticut, a tinta com chumbo no ambiente doméstico é a principal causa do envenenamento por chumbo na infância. O envenenamento infantil causado por riscos na tinta com chumbo é responsável por aproximadamente 81% de todos os envenenamentos, enquanto a água potável em Connecticut representa menos de 1% das intoxicações por chumbo. (Relatório Anual de Vigilância de Doenças para a Prevenção e Controle do Envenenamento Infantil por Chumbo de 2013, publicado em 27 de abril de 2015).  

Para saber mais sobre a prevenção do envenenamento infantil por chumbo visite ct.gov/preventlead ou ligue para (860) 509-7299.  

LPRAC é uma agência política apartidária dentro do ramo legislativo do governo criada em 1994 por uma lei do Legislativo de Connecticut (P.A. 94-152, alterada pela P.A. 03.229 e pela emenda P.A. 09-07). Sob o Ato Público 09-07, a LPRAC é composta por 21 líderes comunitários designados que são determinados para aconselharem a Assembleia Geral de Connecticut e o Governador sobre as políticas que fomentam o progresso nas comunidades latinas residentes de Connecticut. 

 

Comissão de Assuntos Latinos e Porto Riquenhos do Estado de Connecticut 

18-20 Trinity Street Hartford, CT 06106 – Tel.: (860) 240-8330 – Fax: (860) 240-0315  

E-mail: lprac@cga.ct.gov  – Website: www.cga.ct.gov/lprac  

Leave a Comment