Share

Se Fosse Fácil, Todo Mundo Faria

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

Traduzido por Eric Faria

A maioria de nós já ouviu falar ou leu histórias sobre indivíduos que lutaram para realizar seus sonhos de acordar de manhã e fazerem o que amam. Quando encontramos um propósito, um objetivo na vida, tudo parece fazer mais sentido. Novos fluxos de energia e as portas anteriormente fechadas, abrem-se, nos dando as boas-vindas! É como se o universo e nós estivéssemos finalmente falando a mesma língua. Toda essa energia positiva conspira para nos mover adiante.

Conectar-se com quem você é, com sua essência e com o que realmente se quer é um passo muito importante na construção da vida que você sempre almejou.

Preste atenção aos sinais que a vida lhe dá. Eles podem aparecer como uma demissão, o fim de um casamento ou relacionamento romântico, uma discussão em casa ou com um amigo, o sentimento de solidão e incompreensão… Todos esses exemplos são suficientes para causar aperto no peito e vontade de chorar; isso é um sinal vermelho: indica que algo tem que ceder!

Mudanças não vêm por acaso. É necessário que você se conheça melhor e saiba aonde quer ir. É preciso fazer melhores escolhas para chegar ao seu objetivo. É preciso coragem, foco, atitude, disciplina e confiança em si mesmo para fazer isso. Desenterre do seu coração o desejo de vencer, visualize seus sonhos e deixe que isso seja a sua maior motivação!

Te convido, mais uma vez, a fazer alguns exercícios que a princípio podem parecer muito simples. Na correria da vida podemos nos esquecer de quem somos, o que queremos e quais são os nossos valores e crenças, e com isso acabamos enterrando nossos sonhos e sofrendo por consequência.

Por experiência própria, eu garanto que se você responder a estas perguntas em seu caderno de inspiração (espero já tenha um, assim como eu), este será um grande passo para a sua emancipação.

Confie no seu coração e vamos começar:

1 – Quem é você? Quais são os seus pontos fortes e fracos?

2 – Se você tivesse acabado de ganhar na loteria e não precisasse mais trabalhar, o que você faria pelos próximos dois anos de sua vida?

3 – Se você tivesse acabado de descobrir que tem uma doença incurável e apenas dois anos para viver, o que você faria durante seus últimos anos de vida?

4 – O que te faz feliz? O que te entusiasma?

5 – Quais são as três mudanças que deseja fazer em sua vida até o final de 2015?

Vou te deixar com um desafio entre hoje e a próxima coluna: o que você pode fazer nas próximas semanas que vai te deixar mais perto da pessoa que você quer se tornar?

Eu, por exemplo, quero ganhar definição muscular e perder a gordurinha extra que tenho em torno da minha barriga. Ao atingir estes objetivos terei mais energia, dormirei melhor, ganharei maior auto-estima e comerei menos durante as refeições, ao mesmo tempo que diminuo o intervalo entre elas. Para conseguir isso, estou começando uma nova rotina de exercícios diários, além de caminhar quatro vezes por semana, bem como eliminando frituras da minha dieta e cortando o açúcar pela metade.

O que você se compromete a fazer?

Pense nisso: se fosse fácil, todo mundo faria. Faça acontecer!

Eric Faria é Coach de Vida e Carreira, com foco em inteligência emocional. Ele faz treinamentos de autodesenvolvimento desde 2005, usando essas ferramentas em seu Coaching profissional. Ele se formou pelo programa do ICF (International Coach Federation) em janeiro de 2014. Eric vive em Connecticut e, além de trabalhar com clientes particulares, dá palestras e grava vídeos motivacionais. Para mais informações, ou para contatá-lo, envie um e-mail para eric@ericfaria.com.

Leave a Comment