Share

Uma Oportunidade de Ajudar Aqueles Que Estão Tentando Se Ajudar

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

Por Celia Bacelar

 

No mês passado, a United Way of Western Connecticut (UWWC) realizou seu jantar beneficente anual para reconhecer os líderes comunitários e as empresas que se distinguem pela filantropia e voluntariado em nossa área. Durante o evento, a UWWC divulgou um vídeo em um esforço para salientar sua causa central: ALICE.

ALICE é um acrônimo da United Way que representa Asset Limited, Income Constrained and Employed (Bens Limitados, Rendimento Restrito e Empregado), e representa o número crescente de indivíduos e famílias que estão trabalhando, mas são incapazes de pagar as necessidades básicas de moradia, alimentação, cuidados infantis, cuidados de saúde e transporte.

Partindo de um projeto iniciado pela primeira vez em 2009 na United Way of Northern New Jersey, a United Way em vários outros estados aderiram ao projeto ALICE United Way em 2014, entre eles a do Oeste de Connecticut.

Através de uma série de novas e padronizadas medidas, a United Way está quantificando o tamanho da força de trabalho que luta financeiramente em cada estado, e documentando as razões. Estas medições fornecem um quadro mais amplo sobre a insegurança financeira do que as orientações federais tradicionais da pobreza.

No vídeo, a diretora executiva da UWWC, Kim Morgan, se ofereceu para pagar a conta do supermercado aos clientes do PriceRite local. Pessoas de diferentes idades, raças e línguas, por vezes, sorriam e celebravam ou, às vezes, gritavam, enquanto estavam visivelmente comovidas pelo ato aleatório de bondade. Uma mulher em particular que aparece no vídeo, sem ciência das câmeras, começa a falar com sua filha em espanhol, enquanto a caixa está registrando seus itens. Ela diz que terá que deixar alguns itens para trás já que não tem dinheiro suficiente para pagar tudo.

Morgan se aproxima dela com outro trabalhador do PriceRite para traduzir e dizer-lhe que a conta era por conta dela. A senhora começa a chorar; sua filha explica que ela é uma dos quatro filhos, seu pai deixou recentemente a família e sua mãe tem-se esforçado com apenas um emprego para compensar a perda da renda do esposo. 

A história desta família é a história de muitos em nossa comunidade que, por diferentes razões, estão apenas um salário longe da instabilidade financeira completa. Os trabalhadores “ALICE” são fundamentais para o tecido da nossa sociedade, trabalhando em empregos que são essenciais para nossas comunidades, de cuidadores infantis e auxiliares de saúde em casa a mecânicos — todos os trabalhadores dos quais dependemos todos os dias.

“O sucesso futuro de nossas comunidades está diretamente ligado à estabilidade financeira das famílias ALICE. Quando ALICE sofre e é forçada a fazer escolhas difíceis, todos nós enfrentamos sérias consequências. Este movimento popular está ganhando impulso nas comunidades locais em todo o país e vários novos relatórios estão em desenvolvimento. Com significativa cobertura da imprensa, um diálogo recente e apartidário foi iniciado sobre a importância e fragilidade da ALICE em todo o país”, disse Morgan.

Para mim, ALICE é uma oportunidade de ajudar aqueles que têm se esforçado para ajudarem a si mesmos, mas às vezes, os desafios da vida podem diminuir seu progresso e fazê-los começar tudo de novo. O Tribuna orgulha-se de apoiar o trabalho da United Way of Western Connecticut, e espera que você possa se juntar a nós para fazer a diferença na vida de alguém, assim como a United Way. Um pequeno presente vai longe! Doe apenas $10: Mande o texto ALICE para 71777 em honra de alguém que você sabe que trabalha duro para sustentar a família.

 

Para saber mais sobre ALICE, visite www.uwwesternct.orgPara assistir ao vídeo Atos de Bondade para ALICE da United Way of Western Connecticut, visite a página do Facebook do Tribuna, compartilhe o vídeo e passe a bondade adiante!

Leave a Comment