Share

Vitórias e Derrotas Latinas nas Eleições Municipais

Este post também está disponível em: Inglês, Espanhol

Por Bill Sarno | CTLatinoNews.com

Nas eleições municipais deste ano, os latinos venceram em várias cidades de Connecticut, mais notadamente em Meriden e Windham, e um casal de jovens candidatos, vistos como estrelas em ascensão, saiu vitorioso.

Os latinos que concorreram para prefeitos em Bridgeport, Waterbury e Hartford não foram páreo para os candidatos democratas. No entanto, em Meriden, o voto hispânico pode ter feito a diferença ao ajudar um independente de 26 anos de idade, apoiado pelos Democratas, a derrotar o incumbente prefeito republicano.

Pelo menos 60 hispânicos concorreram para cargos de prefeito, first selectman, vereador e conselheiro escolar em 14 cidades com a maioria vencendo, alguns em disputas acirradas e, em alguns casos, derrotando outros hispânicos. Sem os resultados de East Hartford ou South Windsor, o CTLatinoNews determinou que 32 das 60 eleições foram vitoriosas. A Democrata Eloisa Melendez, 21, conquistou seu segundo mandato para o conselho de Norwalk e Kristian Rosado, 23, um recém-chegado que os republicanos vêm como uma estrela em ascensão, foi eleito vereador em New Britain.

Vários latinos mostraram força nas urnas. Em Bridgeport, Lydia Martinez, que desistiu de seu assento no conselho para concorrer a escrivão da cidade, foi a mais votada, com quase 12.500 votos, ou cerca de 500 a mais do que prefeito democrata vencedor, Joe Ganim, que ganhou uma disputa aguerrida por vários milhares de votos.

Ganim, que foi prefeito entre 1993 e 2003 antes de ficar sete anos na prisão por corrupção, foi um grande vencedor no fortemente latino-americano leste da cidade. Seu apelo, de acordo com o deputado estadual rep. Christopher Rosario, que representa a maior parte dessa área, foi “a nostalgia do passado.”

Foi um dia de avanço em Meriden, onde haverá dois hispânicos no conselho da cidade, ambos democratas, pela primeira vez, com a vitória de Michael Cardona.

“É maravilhoso”, disse o membro do Conselho Miguel Castro, que foi eleito no ano passado. “Ter um colega não apenas para relacionar mas, como latino-americanos, podemos juntos continuar a atender às necessidades de nossa comunidade, aumentar o senso de urgência e defender nossas demandas e valores”, acrescentou.

Além disso, o voto hispânico ajudou Kevin Scarpati, 26 anos, que concorreu como independente e foi apoiada pelos democratas, a bater o português Manny Santos, em uma disputa acirrada que, de acordo com o Jornal Meriden Record, pode desencadear uma recontagem automática. Sobre o apoio latino-americano de Scarpati, Castro disse: “Não era grande, mas o suficiente para desequilibrar a balança.”

BRIDGEPORT

Era o dia do ex-prefeito Joe Ganim e o proprietário da loja Black Rock, Rick Torres, um cubano-americano republicano em sua terceira tentativa de ser eleito prefeito, ficou em um distante terceiro lugar, atrás da segunda colocada, Mary-Jane Foster. Torres também concorreu para a Câmara Municipal, mas não teve sucesso em manter a vaga.

Vencedores hispânicos, todos democratas, incluem a reeleita Milta Filiciano e a recém-eleita Aidee Nieves, que substituiu Lydia Martinez, eleita escrivã da cidade, no distrito 137; e os reeleitos Jose Alfredo Castillo Casco no Distrito 136 e Eneida Martinez no Distrito 139.

DANBURY

Na corrida para seis vagas no conselho escolar, Emanuela Palmares, que é secretária estadual da LPRAC, caiu vítima da regra de representação de partidos minoritários. Ela terminou em quarto lugar entre os seis republicanos na votação, mas apenas três poderiam ser eleitos, com os outros três lugares disponíveis indo para os democratas que tiveram menos votos que a editora de um jornal brasileiro-americano de 31 anos e líder da comunidade.

Analisando esta experiência, Palmares escreveu para amigos e familiares no Facebook: “Isso só serviu para aumentar a minha determinação e paixão para continuar a fazer parte do processo político e um dia ter a honra de representar todos vocês!”

NEWTOWN

Eva Bermudez Zimmerman, democrata, não teve sucesso em sua corrida para a reeleição ao conselho legislativo de 12 membros do Distrito 2.

WATERBURY

Os democratas foram os mais votados em cada corrida, incluindo dois candidatos que foram eleitos para a nova Câmara de Vereadores.

O republicano porto-riquenho Jose Morales viu sua tentativa de se tornar o primeiro prefeito latino-americano ser esmagada pelo democrata Neil O’Leary, que acumulou cerca de 68% dos votos para ganhar seu terceiro mandato, o primeiro sob a nova regra de quatro anos. Morales também terminou atrás de um candidato independente.

Esta foi a primeira eleição dos 15 membros da Câmara de Vereadores por distritos. Em cada um dos cinco distritos, três vagas foram preenchidas, com o máximo de duas indo para um partido de representação das minorias. Democratas venceram com facilidade todos os dez lugares disponíveis para eles.

Victor Lopez Jr. foi um dos dois democratas eleitos no Distrito 2. Francis Guerrera, 22, bateu o candidato republicano Rúben Rodriguez pelo terceiro lugar.

Sandra Martinez-McCarthy foi um dos dois democratas eleitos no Distrito 5, mas de acordo com o Waterbury Republican American, não estava claro quem entre os republicanos – Jose Morales, que também concorreu para prefeito, e Roger Sherman – obterá o terceiro lugar. No Distrito 4, Jay Gonzalez terminou em quinto lugar.

HARTFORD

O democrata Luke Bronin venceu facilmente o independente Joel Cruz, Jr. e outros dois candidatos a prefeito. Ele vai suceder o  porto-riquenho Pedro Segarra, que ele derrotou nas primárias pivotais democratas em setembro.

Os votos totalizados não estavam disponíveis no início da quarta-feira, com escritório de registro de eleitores indicando que os resultados estarão disponíveis no final do dia. A TV WTNH mostrou Bronin com cerca de 75% dos votos, com mais de metade dos distritos apurados.

Os democratas James Sanchez e Julio Conceição, juntamente com o membro do Partido das Famílias Trabalhadoras Wildaliz Bermudez, estavam entre os nove novos membros do conselho da cidade.

NORWALK

Eloisa Melendez venceu a chapa democrata no Distrito A, com 1.065 votos, de acordo com os resultados publicados pela blogueira Nancy, em Norwalk. A estudante universitária de 21 anos, também indicada pelo Partido das Famílias Trabalhadoras, agora entra em seu segundo mandato. Sua votação total foi um pouco abaixo da de dois anos atrás, mas isso foi atribuído ao menor número de eleitores.

Na disputa para as principais vagas do conselho, o republicano Enriquez Santiago não estava entre os cinco vencedores.

NEW HAVEN

Seis democratas concorreram à Câmara de Vereadores sem oposição. Três dos eleitos eram titulares: Colon Dolores, Santiago Berrios-Ossos e Ernie Santiago. Os três recém-chegados são Evelyn Rodriguez, David Reyes e José Crespo.

STAMFORD

Ligia Marroquin e Angelica Gorrio, duas democratas hispânicas, não tiveram sucesso em suas candidaturas ao Conselho de Educação.

Outro democrata, Virgil De La Cruz, manteve o assento na câmara de 40 membros do Distrito 2, que ele havia assumido no ano passado por nomeação.

“Este artigo foi editado e reproduzido com permissão do Ctlatinonews.com, um site de notícias de questões latinas em Connecticut. Para ler o artigo na sua totalidade, acesse www. ctlatinonews.com/

Leave a Comment